quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Versos Que Vão no Vento

estarreja.bibliopolis.info:
A Biblioteca Municipal de Estarreja convida para o lançamento do livro de poesia "VERSOS QUE VÃO NO VENTO", de José Martins da Silva, no dia 23 de Novembro pelas 21h30. A sessão está inserida nas comemorações dos 50 anos da empresa CIRES. 

José Martins da Silva foi funcionário da Cires durante 32 anos, tendo-se destacado como Técnico de Segurança de reconhecida competência no domínio da Segurança Industrial, tendo dirigido esta secção da Cires durante quase 25 anos.
José Martins da Silva destacou-se como Jornalista Regional, sendo de realçar a sua ligação ininterrupta de cerca de 40 anos ao jornal “O Concelho de Estarreja” onde iniciou atividade como colaborador em 1970. Foi diretor deste Jornal de 1978 até 2010, ano do seu falecimento, exercendo este cargo durante 32 anos. Foi autor de uma antologia de “Jornais e outras Publicações do Concelho de Estarreja” que a Câmara Municipal editou em 1993, aí descrevendo as duas dezenas de títulos que nos concelhos de Estarreja e Murtosa (até 1926) se publicaram, contribuindo para a memória futura da história da imprensa local.
Ao longo de 4 décadas deu à comunidade estarrejense, como cidadão ativo, o melhor do seu empenhamento e disponibilidade, procurando servir através da comunicação social a coisa pública e o desenvolvimento da sua terra e região. O diretor do jornal “O Concelho de Estarreja” faleceu a 12 de dezembro de 2010.
A sua ligação a outras atividades da comunidade Estarrejense é bem conhecida nomeadamente no que diz respeito ao impulso que deu, em conjunto com outros destacados Estarrejenses, nos finais dos anos 60 e início dos anos 70 do século passado, ao renascimento do Carnaval de Estarreja. É igualmente conhecida a sua ligação e dedicação, nomeadamente nos últimos anos da sua vida, à Misericórdia de Estarreja. Merece ainda referência a ligação deste Homem à comunidade Estarrejense: à Tertúlia Moliceira, aos Bombeiros Voluntários de Estarreja, à Associação Saavedra Guedes, aos Rotários de Estarreja e à Casa do Benfica de Estarreja. Fora tudo isto, desenhou, pintou, foi Poeta...

Sem comentários:

Enviar um comentário