terça-feira, 11 de janeiro de 2011

O Diário de um Vampiro Banana

Chegou à nossa biblioteca, publicado pela Booksmile de onde retirámos as seguintes citações:

«Este livro é uma leitura leve, agradável e, ao mesmo tempo, delirantemente hilariante.
Acho que nunca me ri tanto a ler um livro, a tal ponto que as pessoas à minha volta ficavam a olhar para mim para tentar entender o que estava a ler.
Nigel não é um vampiro comum, é um vampiro transformado em tal quando ainda é um adolescente desajeitado e assim tem de lidar com os problemas e dramas da adolescência eternamente. Como se isto não bastasse não tem a beleza e a atracão física dos vampiro, nem os seus super-poderes. Na verdade é tão incapaz que têm de ser os próprios pais a levar-lhe sangue.
Mas não se fica por aqui, pois Nigel tem os pais vampiros que acha que não o entendem e uma irmã mais nova que é uma verdadeira pestinha e que “vive” para o atormentar.
Mas ainda assim quando Nigel conhece Chloe não consegue deixar de se apaixonar e de iniciar um diário para relatar a verdadeira odisseia que passa para a conquistar.
E eu adorei ler e conhecer este personagem que é verdadeiramente adorável com o seu charme frágil e desastrado, sarcasmo e auto-consemerição e que consegue fazer-nos rir, ao mesmo tempo que nos comove. As imagens que ilustram o livro só o tornam ainda mais cómico e divertido.
Uma leitura que deixa a pessoa mais mal humorada bem disposta.»
- Joana Dias (Blogue Páginas com Memória)

«Nigel Mullet é um vampiro que foi transformado com quinze anos. Quase a completar um século e ainda não conseguiu conquistar uma rapariga. Infelizmente, não tem a aparência atraente e sedutora comum a todos os vampiros. Após a sua transformação, na altura da adolescência, continuou com problemas de acne e, como se ainda não bastasse, é fraco e desajeitado, não tem um único poder de vampiro. Vive com os seus pais vampiros, antiquados e forretas, e com a sua irmã mais nova, irritante. Neste diário, Nigel conta-nos o seu difícil dia-a-dia: em casa, com os pais que não o compreendem e a sua irmã insuportável; na escola, sempre no grupo dos rejeitados e gozados; ainda as inúmeras tentativas para conquistar Chloe, a rapariga do seu coração. O Diário de um Vampiro Banana é um livro hilariante que nos faz rir do início ao fim. Uma leitura leve e muito divertida. É, sem dúvida, uma excelente prenda de Natal e incentivo à leitura para os jovens.»
- Patrícia Matos, no sítio Segredo dos Livros

Sem comentários:

Enviar um comentário